GUP! Desenvolvimento

”A CULTURA COME A ESTRATÉGIA NO CAFÉ DA MANHÔ

A cultura de uma empresa é representada pela missão, visão, valores e prioritariamente pelos comportamentos e atitudes praticados pelo time no dia a dia. Ter a clareza de onde e como todos querem chegar é crucial e isso precisa ser traduzido consistentemente nas ações das pessoas, principalmente quando um problema acontece. Ainda que esse seja um tema tão atual, Peter Drucker já nos alertava sobre isso há bastante tempo.

 

Se você almeja uma empresa inovadora que ofereça soluções novas, disruptivas para o mercado, enquanto líder você precisa ser criativo e destemido. Se é algo novo, não tem boas e más práticas ainda no mercado e o risco de errar é maior. Empresas inovativas erram muito mais do que as outras, mas os riscos são calculados e as correções de rotas são rápidas.

 

Uma vez que você enquanto líder sabe que é importante inovar e atua com as atitudes corretas, as equipes percebem que podem sugerir novas soluções (por mais bizarras que pareçam) que serão acolhidas e maturadas – não há julgamentos. O colaborador também sabe que deve correr riscos calculados e quando algo sai errado, todos correm juntos para solucionar o problema e aprender com isso. Não há caça às bruxas!

 

Mas se o seu modelo de negócios é focado na entrega padronizada, de alto volume, com público bastante operacional, pequenos erros trazem grandes prejuízos financeiros! Cultura inovativa não é a mais adequada (existem 04 tipos) e não existe certo ou errado! O que há são comportamentos que dão mais certo ou mais errado para o modelo de negócio que a sua empresa deseja entregar.

 

Uma vez que você já sabe a proposta de valor que o modelo do seu negócio se propõe a entregar no mercado, você e o seu time estão lidando de forma estratégica e alinhada com a cultura?

O que te trouxe até aqui pode não ser o que vai te levar para o próximo degrau.

 

GUP! Desenvolvimento l gestão de performance sustentável