GUP! Desenvolvimento

MAIS IMPORTANTE DO QUE A QUANTIDADE É A CONSISTÊNCIA

Vivemos em um mundo imediatista e com inúmeras informações espalhadas nos meios de comunicação. “Fórmulas para o sucesso”, “Conquiste o dobro de clientes em um mês utilizando o método XPTO”, “Emagreça 10 kg apenas incluindo esse alimento nas suas refeições”, são exemplos de propagandas que possuem altíssimas conversões de vendas – e de frustração dos clientes! E vamos combinar que quando sabemos que os resultados não estão bons e recebemos essas propagandas, elas realmente mexem com a gente!

 

Então muitos empresários na busca de melhorar os resultados das suas empresas, compram diversas soluções ao mesmo tempo: novo sistema de controle de produtividade, novo sistema de CRM, novo sistema de cursos online, consultoria de qualidade, consultoria de RH, consultoria de Finanças, consultoria de Vendas etc. Diversas ações são iniciadas simultaneamente e ninguém consegue dar conta de tudo, muito menos com qualidade. Não é você que é incompetente! Talvez você apenas seja otimista demais e acredite que as coisas são mais simples do que realmente são.

 

Falando em gestão de pessoas, dentro desse mundo também há um grande leque de possibilidades: quero dar treinamentos para os times de: trabalho em equipe, comunicação, gestão do tempo, produtividade, também preciso desenvolver os líderes, organizar cargos e salários, dar bônus, deixar as equipes mais engajadas, mudar a cultura da empresa, melhorar a nossa comunicação em seis meses. Com uma pessoa na empresa, exclusiva para essas atividades, já é difícil (no caso de mudança de cultura, impossível), imagine tudo isso centrado no empresário que também é responsável pelo comercial, operação e gestão de todas as demais iniciativas?

 

As reflexões que gostaria de deixar são: quantas iniciativas simultâneas de mudanças estão acontecendo na sua empresa nesse momento? Elas estão divididas entre diferentes responsáveis? O acompanhamento e o aprofundamento estão sendo feitos conforme deveriam ser? Você sabe quais partes estão dando certo e o que precisa de alguns ajustes? Caso as respostas sejam “NÃO”, lembre-se da frase: “mais importante do que a quantidade é a consistência”.

 

Carol Freitas – GUP! Desenvolvimento l gestão de performance sustentável