GUP! Desenvolvimento

FEEDBACK BOM É FEEDBACK FREQUENTE

Imagine uma situação: você precisa conversar com o seu colaborador para delegar um novo desafio e chama ele para uma conversa. Você está animado pois imagina que esse colaborador ficará muito feliz com este trabalho, mas o retorno que você tem é de uma pessoa chateada, com ar desconfiado sobre esse seu convite para a reunião. Você está animado e ele está com medo. Conseguiu imaginar uma situação assim?

 

Existem líderes que raramente elogiam seus colaboradores, seja porque não eram elogiados por seus gestores ou porque entendem que é besteira, que cada colaborador não está fazendo mais do que a sua obrigação. Logo esses líderes apenas conversam com as equipes quando é para dar broncas, para dizer que estão insatisfeitos ou que seus times são incompetentes. Concorda que a postura dos funcionários ao serem chamados para uma conversa deverá ser de medo e desconfiança?

 

Outras consequências de uma liderança que não elogia as boas entregas do seu time é que atividades que consideradas por ele relevantes e que o apoiam na gestão podem ser deixadas de lado porque o colaborador não fazia ideia de que eram importantes. Ele acaba priorizando outras demandas, o líder não o orienta sobre o assunto e ainda o rotula de incompetente, pois nem o que ele fazia de melhor está entregando mais. Já imaginou os impactos de uma simples conversa nessa situação? Mas muitos líderes não tem tempo para isso…

 

Quem não tem tempo para conversar com a equipe não tem tempo para fazer o seu próprio trabalho.

 

Sendo assim, reforçamos a importância dos feedbacks constantes tanto para redirecionar os comportamentos que estão desalinhados com as expectativas da empresa e feedbacks para elogiar e reforçar as atitudes coerentes e que ajudam todo o time a atingir resultados superiores e sustentáveis.

 

Quais elogios você fará para a sua equipe amanhã? Todo mundo ganha!

 

GUP! Desenvolvimento l gestão de performance sustentável